Cidades

Homem que matou e levou cabeça de namorada à delegacia dispara: “Agora vai me trair no inferno”

cccccccJosé Ramos da Silva, que confessou ter assassinado a namorada, de 16, grávida de sete meses, e depois levou a cabeça dela à delegacia, mandou um recado para a família de Shirley de Souza.
Quando questionado sobre o que diria para a família da vítima, ele foi direto: “para não sentirem pena de mim”. Uma conversa, no Facebook, com um amigo de Shirley, o rapaz disparou: “agora ela vai me trair no inferno”.
Segundo informações da Secretaria da Segurança Pública da capital paulista, o corpo de Shirley Souza foi encontrado nu por policiais militares, enrolado em um lençol e com as pernas amarradas com fios plásticos. Quando soube dessa notícia, o acusado pegou a cabeça da vítima e a levou para a polícia, confessando o crime.
Em depoimento, ele disse que no dia do crime a adolescente teria confessado que o traiu. Ele também argumentou que suspeitava não ser o pai do bebê que ela esperava. O rapaz já teve a prisão decretada.
O crime aconteceu quando na última quinta-feira, José Ramos encontrou com a namorada e após uma discussão ela confessou ter traído com um amigo do casal nas vésperas do último Natal e Ano-Novo. Movido pelo ira, ele aproveitou um descuido da adolescente e a imobilizou até desmaiar provocando sua morte. Não satisfeito, pegou uma faca e cortou o pescoço da vítima até arrancar a cabeça. (Varela Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo