Cidades

Homem mata a mulher e usa sangue para escrever em parede

homem traido usou sangue da mulher que matou para escreverUm casal foi encontrado morto no domingo (27) em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital de Goiás. A polícia acredita que o suspeito matou a mulher a facadas e depois se enforcou. Uma mensagem com sangue estava escrita na parede: “Eu te amava. Porque me trail (sic)?”.
O cabo Ronaldo de Souza Pereira afirma que o Josué José dos Santos, 52 anos, usou o sangue da mulher para escrever o texto na parede antes de se matar. “Em uma cadeira, escrito à caneta, ele também deixou uma mensagem onde pedia desculpa aos familiares”, disse Pereira ao G1.
Leia também
Eleição para novos conselheiros acontece no próximo domingo (4)
Fim de doações de empresas vale para 2016 e não precisa ser rediscutido, avalia Fachin
Antes de se matar, ele ainda deixou anotado em almofadas os números de telefones da mãe para que ela fosse informada de sua morte.
Maria Aparecida Ribeiro Carvalho, 47 anos, tinha vários hematomas no corpo e golpes de faca na região do peito, braço e cabeça. Uma panela amassada foi achada ao lado do corpo – o utensílio teria sido usado nas agressões.
O corpo foi achado por um irmão da mulher, que foi ao local visitá-la. Ele relatou que o casal se conheceu em Pires do Rio, também em Goiás, e vivia junto em Aparecida há cerca de dois meses. Fonte: Correio/ Foto: Diomício Gomes/O Popular

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo