Cidades

Homem é decapitado em praça pública após ser acusado de feitiçaria pelo Estado Islâmico

ESTADO ISLAMICO - DECAPITACAO - PRACA PUBLICAO Estado Islâmico (EI) realizou, nesta terça-feira (7), mais uma ação violenta. O grupo radical decapitou, em praça pública, na cidade de Tikrit, um homem acusado por eles de “feitiçaria”. De acordo com o Daily Mail, fotos mostram o momento da execução seguido da imagem de um corpo banhado em sangue com a cabeça por cima das costas, assim como nos vídeos das decapitações dos jornalistas ocidentais, como James Foley, morto em 2014 pelo grupo. Os “crimes” cometidos pela vítima não foram enumerados pelos jihadistas do vídeo, apenas foi afirmado que ele fazia “feitiçaria” e que, por isso, deveria morrer de acordo com as leis dos califados do EI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo