Cidades

Há um ano, vítima de estupro coletivo foi violentada no mesmo local

CAMA - ESTUPROAs histórias envolvendo crimes sexuais na comunidade da Praça Seca só aumentam. Há cerca de um ano, a adolescente de 16 anos, vítima de estupro coletivo no Morro do Barão, teria sido forçada a fazer sexo com um homem.

À época, segundo informações do O Globo, a jovem teria denunciado o estupro para o chefe do tráfico no morro, Sérgio Luiz Júnior, conhecido como Da Rússia, que capturou o rapaz e ordenou que o matassem.

De acordo com a publicação, o homem só não foi executado, pois, no último momento, ela decidiu perdoá-lo.

Leia mais

‘Liberdade, Liberdade’ pode exibir 1ª cena de sexo entre homens em novelas do Brasil

70 municípios que receberão fiscalização do Ministério da Transparência. S. A. de Jesus integra a lista

Cobras, aranhas e ratos podem sair pelo vaso sanitário

Duas mulheres foram executadas dentro de ônibus em Salvador

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo