Cidades

Gualberto e Solla discutem durante reunião da CPI da Petrobras

GUALBERTO E JORGE SOLLAOs deputados federais baianos João Gualberto (PSDB) e Jorge Solla (PT) quase chegaram às vias de fato durante o bate-boca que aconteceu no início da CPI da Petrobras, nesta quinta-feira (5). Ambos discutiram veementemente durante o entrevero entre os demais parlamentares e o presidente da Comissão, Hugo Motta (PMDB), mas, por sorte, as agressões se restringiram ao campo verbal. “Eu me dirigi à Mesa para falar com o relator quando o deputado disse para mim que tinha que botar todo o PT na cadeia. Eu respondia ele que quem tem que vai pra cadeia é ladrão e não o PT. Então ele disse que eu era ladrão e se exaltou”, afirmou Solla. O petista declarou que o tucano que “posar de tropa de choque da oposição e provocar o governo” e lembrou que Gualberto nem é membro da comissão. Solla disse ainda que não pretende tomar uma atitude jurídica contra as acusações de Gualberto, que foi procurado pela reportagem para comentar do assunto, mas não foi localizado.

BN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo