Cidades

Grupo monta boneco de Haddad e gera discussão na Avenida Paulista

FERNANDO HADAD - PIXULECOIntegrantes do Movimento Brasil Livre (MBL) montaram na noite deste domingo (27) um boneco inflável que faz referência ao prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), o que provocou uma discussão na Avenida Paulista.

A Polícia Militar chegou a ser acionada, mas a corporação diz que a situação estava pacífica quando chegou e ninguém foi preso. O G1 procurou a Prefeitura de São Paulo, que não irá se manifestar sobre o boneco.

Leia mais

Laje: Motociclista sofre tentativa de homicídio na BR-420 Riacho da Lama

Saiba quanto Grazi Massafera e Camila Queiroz cobram para marcar presença em eventos

Lucros: boneco Pixuleco alavanca popularidade de grupos anti-Dilma

O prefeito está voando nesta noite de volta de Paris, após cumprir agendas na capital francesa. Em um vídeo postado na página do MBL no Facebook, o coordenador nacional do movimento, Kim Kataguiri, diz que a intenção do boneco é denunciar a “indústria da multa” e também é um protesto por causa da “negligência dele [Haddad] quanto às obras na periferia”.

O MBL diz, ainda nas redes sociais, que algumas pessoas tentaram rasgar o boneco. A PM afirma ter sido acionada por volta das 18h20 e que o boneco já estava sendo retirado quando chegou. Havia discussão entre grupos contrários, mas a situação “estava pacífica”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo