Cidades

Greve nacional alcança 55 universidades federais, segundo sindicatos

UFBA - ONDINAProfessores e trabalhadores técnico-administrativos de 55 universidades federais e do Instituto Federal do Piauí aderiram à greve, inciada na última quinta-feira (28), de acordo com dados da Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-Administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil (Fasubra) e do Sindicato Nacional dos Docentes de Instituições de Ensino Superior (Andes-SN). No Instituto Federal do Piauí, apenas os professores estão paralisados. Em 36, a greve é dos técnicos. Entre as reivindicações, estão a reposição salarial de 27,3% no piso da tabela, com base nas perdas de janeiro de 2011 a julho de 2016; aprimoramento da carreira, com correção das distorções; piso de três salários mínimos; e fim da terceirização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo