Esportes

Grêmio x Bahia: Trio de arbitragem é suspenso por 30 dias

Vice-presidente da Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o baiano Manoel Serapião Filho anunciou a suspensão do trio de arbitragem que atuou na partida entre Grêmio e Bahia, neste domingo (5), no Estádio Olímpico.

O árbitro Cláudio Francisco Lima e Silva e os auxiliares Cleriston Barreto Rios e Ivaney Alves de Lima, todos de Sergipe, ficarão afastados de partidas por um período de trinta dias, enquanto estarão passando por um curso de reciclagem.

– Serão três semanas de curso na Federação Sergipana e os instrutores nos enviarão o relatório. O processo todo demora cerca de um mês. Os árbitros também terão acompanhamento psicológico, pois não queremos simplesmente punir, mas sim fazer com que melhorem – confirmou ao Lancenet.

O auxiliar Ivaney Alves Lima, citado na súmula como vítima de inúmeras ofensas feitas pelo treinador Caio Júnior, falou sobre o que aconteceu na partida em Porto Alegre e se defendeu das acusações feitas pelo presidente do Bahia, Marcelo Guimarães Filho.

– Esse dirigente agiu de forma irresponsável, falando coisas que não cabem a uma pessoa que tem um cargo tão importante. Ninguém aqui é dono da verdade. Todos nós somos seres humanos e podemos errar. Se houve algum equívoco no jogo é direito da Comissão de Arbitragem tomar alguma providência. O que não pode é esse sujeito ficar aí nas redes sociais falando essas coisas que ele disse. Vamos comunicar a Associação Nacional dos Árbitros de Futebol para relatar o caso – comentou ao Globoesporte.com.

O mandatário tricolor, através do twitter, logo depois da derrota deste domingo (5), xingou o trio de arbitragem e prometeu tomar providências contra os erros em partidas do Bahia no Campeonato Brasileiro. E, nesta segunda-feira (6), através do site oficial do clube, o departamento de futebol emitiu uma nota e reafirmou a posição de fazer uma representação oficial contra o trio responsável pela partida em Porto Alegre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo