Cotidiano

Governador sinaliza que reajuste dos servidores só será feito se arrecadação ‘reagir’

rui costaO governador Rui Costa afirmou que “não há como falar de acréscimo de despesas” quando questionado sobre o reajuste salarial dos servidores do Estado.

Segundo o A Tarde, Costa deu poucas esperanças de atendes as reivindicações dos servidores do estado que vão entregar na sexta-feira, 6, ao governo a pauta salarial de 2016, pedindo aumento linear acima da inflação. “Quero ver a economia e a arrecadação reagirem. Obviamente, tudo que será feito depende da arrecadação.

Leia mais

Câmara de vereadores de Mutuípe promove mutirão de combate ao Glaucoma

Desarticulada quadrilha formada por PMs que extorquia famílias

Curso de sexo oral para homens acontece em Salvador em novembro

Nesse momento, a condição é de manter os salários em dia, é o que dá para fazer hoje. Para você ter uma ideia, dos 27 estados da federação, dez já atrasaram os salários esse ano. Alguns estão repetidamente parcelando o salário. Sergipe é o quarto mês seguido que está parcelando salário. Então, em um clima desses não há como falar de outros acréscimos de despesas, senão o estritamente legal”, disse Rui, após visitar os postos do programa “Acordo Legal”.

Ainda de acordo com o governador, a folha de pagamento da Bahia “”já tem um crescimento vegetativo gigantesco por leis que foram historicamente aprovadas e que, mesmo sem fazer nada, ela vai crescendo”, disse o governador, informando que só na parcela do anuênio, paga aos servidores, “a folha cresce 1%, mesmo a arrecadação crescendo zero”. Para que o aumento exista, Rui espera uma “reação na arrecadação”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo