Entretenimento

Globo é processada por racismo por conte de esponja ‘black power’ no Big Brother Brasil

BONECO ESPONJAUma das primeiras polêmicas da última edição do “Big Brother Brasil” foi a esponja de lavar louças da casa. O objeto tinha o formato de um boneco negro com cabelo no estilo “black power” e causou indignação dos internautas. Agora, a situação virou processo do Ministério Público Federal (MPF) no Rio de Janeiro contra a Rede Globo.
O MPF entrou com uma ação contra a emissora, na última terça-feira (3), por dano moral coletivo e discriminação racial. “A representação do cabelo ‘black power’ como esponja de pia faz uma clara alusão ao estereótipo racista do ‘cabelo para ariar panela’ ou ‘cabelo Bombril’, servindo apenas para reforçar o preconceito, ainda intrínseco a muitos setores da sociedade, desde a abolição da escravatura”, afirmaram os procuradores Renato Machado e Ana Padilha Oliveira, autores da ação.
Leia mais 
Cavalo vai parar dentro de ambulância em acidente
À Globo, o MPF pede multa equivalente a 0,5% do faturamento do programa, o que pode ultrapassar a casa dos milhões de reais. Além disso, a Globo deverá veicular uma retratação pela utilização da esponja no horário em que passava “BBB” e no “Mais Você”, apresentado por Ana Maria Braga de segunda a sexta-feira pela manhã. O programa matinal foi o primeiro a mostrar o boneco, antes mesmo da estreia do reality show.
Na época, a emissora ignorou a polêmica e decidiu manter a esponja no programa, mas ela acabou adotada por Ronan e apelidada de Will, virando objeto de decoração e sendo proibida pelo brother de ser usada como limpador de pratos.
Etiquetas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar