BrasilGeral

Gilmar Mendes teria questionado Bolsonaro sobre fraude nas eleições: Cadê as provas?

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, questionou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre a suposta fraude no processo eleitoral de 2018. Segundo Bolsonaro, a vitória dele no pleito deveria ser confirmada já no primeiro turno, porém só foi reconhecida depois dele derrotar Fernando Haddad (PT) no segundo turno.

“Cadê as provas?”, perguntou o ministro numa conversa com o presidente há um mês no Palácio da Alvorada. “Estão com os técnicos”, respondeu Bolsonaro. “E por que não as manda para a Justiça Eleitoral examinar?”,  insistiu o ministro. Bolsonaro ficou calado e sorriu quando Gilmar o provocou: “Se houve fraude, foi para eleger Hélio Negão e Daniel Silveira”. Os dois são deputados federais, eleitos com o apoio de Bolsonaro.

O diálogo foi revelado nesta sexta-feira pelo jornalista Ricardo Noblat e publicado em seu blog no site Metrópoles. Na ocasião, Bolsonaro ainda teria dito a Gilmar que Aécio Neves (PSDB) venceu Dilma Rousseff (PT) nas eleições de 2014. O ministro retrucou e afirmou que se tivesse havido fraude, ele saberia, porque, à época, era o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O projeto que prevê a adaptação das urnas para o voto impresso está em discussão na Câmara dos Deputados. Uma comissão especial foi criada para tratar sobre o assunto. Segundo levantamento feito pelo jornal Estado de São Paulo, a maioria dos membros do colegiado são favoráveis à mudança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo