Cotidiano

Gerente da Pfizer diz não haver cláusulas leoninas no contrato de compra de vacinas

Ex-presidente da Pfizer Brasil presta depoimento à CPI da Covid-19.

O CEO da Pfizer America Latina, Carlos Murillo, disse na CPI da covid-19, nesta quarta-feira (13), não existe cláusulas leoninas no contrato proposto ao governo brasileiro para compra de vacinas.

Segundo Murillo, o mesmo modelo de contrato foi apresentado a todos os outros países onde a vacina foi vendida, e que as supostas exigências como garantias seriam informações distorcidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo