Cotidiano

Genes da beleza são identificados por cientistas americanos

Cientistas americanas conseguiram identificar os genes da beleza. O papel desses genes, no entanto, varia de acordo com o sexo da pessoa. O estudo foi feito por pesquisadores da Universidade de Wisconsin-Madison e foi publicado em um periódico científico chamado Plos Genetics.

Na pesquisa, cientistas usaram informação genética de 4.383 indivíduos para tentar detectar as regiões do genoma que poderiam estar relacionadas à beleza facial.

Segundo o Estadão, para chegar a definição do que seria “um rosto bonito”, os cientistas submeteram as fotos dos livros de formatura a um grupo de voluntários que ranquearam os que seriam os mais bonitos.

A partir disto foi possível que os pesquisadores conseguissem determinar os genes relacionados a rostos considerados mais atraentes. Entretanto os resultados foram diferentes entre homens e mulheres.

Entre as mulheres, algumas variações genéticas relacionadas à beleza também estariam ligadas ao índice de massa corporal. Já entre os homens as variantes também afetariam os genes que regulam os níveis de colesterol.

O estudo chama a atenção para as complexas relações entre a beleza e várias outras características humanas.

Os cientistas ressaltaram que as descobertas foram feitas com base em um grupo homogêneo de indivíduos de idades semelhantes e da mesma origem étnica, brancos de origem europeia. A proposta, para o futuro, é que as análises incluam amostras maiores e mais diversas, em termos de idade e origem.

BN

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar