GeralMutuípe

Mutuípe: Funcionários do hospital estão sem receber há 2 meses

HOSPITAL-MUTUÍPEO Hospital Clélia Rebouças em Mutuípe passa por mais um momento difícil, os funcionários estão com salários atrasados há dois meses, e passam por dificuldades até mesmo para fazer as compras de mercado.  O hospital é administrado pela APMIM de Castro Alves que locou o Clélia Rebouças da APMIM de Mutuípe em uma polêmica votação que contou apenas com a participação de 37 associados, os demais foram impedidos de  votar porque não estavam com os pagamentos em dia.

O hospital já demitiu quatro funcionários este ano, e segundo uma fonte ligada a instituição, a direção ainda pode demitir mais quatro ainda esse ano.  O sindicato que representa os funcionários também não consegue falar com a direção do hospital e enquanto isso todos seguem sem receber.

APMIM de castro Alves assumiu a direção do hospital, Prometendo melhorias no atendimento  e  na gerência, alem de reformas  na sala de urgência e emergência, na maternidade. Posteriormente a instituição chegou a anunciar a reforma de todo o hospital em parceria com a secretária de saúde do estado.

Por enquanto, apenas o Centro de Parto Normal Hominizado foi instalado na maternidade do hospital, o projeto cegonha que usaria o espaço, também não foi implantado.´

Redação: Lukas Alves

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo