GeralSalvador

Forte chuva provoca alagamentos e deslizamentos de terra em Salvador

Chove forte em Salvador desde as primeiras horas deste domingo (5). Até às 11h, a Defesa Civil de Salvador (Codesal) recebeu 25 solicitações, de acordo com o boletim divulgado pelo órgão.

São elas: 2 alagamentos de imóvel; 2 ameaçadas de desabamento; 8 ameaças de deslizamento; uma árvore ameaçando cair; três pedidos para avaliação de imóvel alagado; dois desabamentos parciais; e uma infiltração.

Já no caso dos deslizamentos de terra, cinco foram solicitados. Dois foram na região de Brotas, outros dois em Cajazeiras e um em Itapuã.

Ainda de acordo com a Codesal, as chuvas são resultantes da formação de áreas de instabilidade associadas a um cavado sobre oceano Atlântico e no leste do Nordeste.

O cavado é o nome técnico que se dá a uma região na atmosfera onde ocorre uma ondulação no sentido horário do fluxo de ventos e uma tendência à queda da pressão atmosférica.

Os locais em que foram registrados os maiores acumulados de chuvas em 06h (atualizado às 9h52): Brotas – Codesal (60,8mm), Engenho Velho de Brotas (60,8mm), São Cristóvão (59,6mm), Cidade Baixa – Monte Serrat (53,4mm), Campina de Brotas (50,2mm).

Nos primeiros cinco dias de dezembro, o acumulado de chuvas em Salvador foi de 44,6 mm, medido pelo pluviômetro de referência em Ondina, 76,7% acima da Normal Climatológica para o mês de dezembro que é de 58,1 mm –, registrada pela Estação Pluviométrica do Inmet (Ondina).

Previsão do tempo em Salvador
A tendencia é que haja uma redução das chuvas no período da tarde de deste domingo, saindo da intensidade moderada para fraca. O padrão se repete para esta segunda-feira (06) quando a previsão é de chuva por conta de áreas de instabilidade. Correio24h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo