Cotidiano

Fornecedora de material esportivo do Bahia é processada por irregularidades trabalhistas

PENALTY - LOGOA empresa fornecedora do material esportivo do Bahia, a Penalty, está sendo processada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) por conta de irregularidades trabalhistas na Bahia. De acordo com o órgão, a fabricante, proprietária de indústrias com filiais nos municípios de Itabuna e Itajuípe, no sul do estado, descumpriu normas de saúde e segurança do trabalho. Segundo a ação civil pública, que corre na 3ª Vara do Trabalho de Itabuna, a empresa, que também já foi fornecedora do material esportivo do Vitória, vem cometendo diversas irregularidades no meio ambiente de trabalho ao longo de nove anos de inspeções e fiscalizações realizadas em suas unidades. A ação é resultado do trabalho de investigação realizado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) em parceria com o MPT. O pedido de indenização por danos morais coletivos é de R$100 milhões. Entre outubro de 2000 e agosto de 2014, foram realizadas 33 fiscalizações do trabalho nos estabelecimentos da Penalty na região, o que resultou em 181 infrações à legislação trabalhista e às normas de saúde e segurança do trabalho na unidade de Itabuna, além de outras 113 na unidade de Itajuípe. Segundo números levantados pelos auditores do trabalho, existem 277 trabalhadores sem registro e 477 afastamentos por doenças ocupacionais registrados entre 2002 a 2014, sem contar com os casos ocultados pelo empregador. Houve ainda casos de amputação da mão e dedos, traumatismo craniano, queimaduras de segundo grau além das típicas doenças por esforço repetitivo. Problemas estruturais no maquinário, instalações elétricas e condições de higiene precárias também foram identificadas pelos auditores. De acordo com o MPT, apenas 0,17% de todo o faturamento quinquenal da empresa, cerca de R$1 bilhão, foi aplicado em saúde e segurança do trabalho, totalizando um valor de pouco mais de R$ 2 milhões. (Métrópole)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo