BahiaGeral

‘Firme’ para 2014: JH diz que muitos políticos temem seu sucesso

JOÃO HENRIQUEO ex-prefeito de Salvador, João Henrique (PP), que sofreu duras críticas após sua segunda gestão, sinalizou em entrevista à rádio  Nova Salvador FM, na última sexta-feira (12), que vai dar o troco aqueles que um dia foram seus aliados, e depois o abandonaram. Sem papas na língua, o ex-prefeito demonstrou que não tem mais ligações com o atual prefeito da capital, ACM Neto (DEM).  “Não existe relacionamento”. Em seguida fez críticas e frisou que cada prefeito que passou por Salvador deu várias “contribuições históricas”. “Os servidores públicos eram recebidos no gabinete e hoje, pergunte como eles são recebidos. Existem funcionários, principalmente, nas áreas de saúde que já dizem que eram felizes e não sabiam”, comparou ao sugerir que ACM Neto administra para as elites. O ex-prefeito atacou o que classificou como “cerco midiático” contra ele em Salvador. Segundo o progressista, grande parte da mídia no Estado “é altamente controlada por uma elite sangue azul”, que discordou de sua administração por causa da prioridade que foi dada à população mais pobre da cidade. “Às vezes constroem uma imagem de você que não corresponde à realidade. Quando optamos por aqueles que precisam realmente de nossa ação – esses que de fato reconhecem o nosso esforço –, a elite privilegiada, abastarda que não precisa dos serviços públicos se incomoda conosco”. Na oportunidade, JH insinuou que alguns políticos temem o seu sucesso em um possível retorno às disputas eleitorais. “Inventaram agora uma tal de inelegibilidade por quê? Porque em todas as eleições nós saímos do quinto lugar e chegamos em primeiro. Inventaram essa tal de inelegibilidade até para que eu fique fora do processo eleitoral na Bahia e no município de Salvador”, afirmou. Ele afirmou que vai buscar saídas para permanecer na política, e frisou que realmente é pré-candidato ao governo da Bahia. “Já recebemos alguns apoios, mas não quero ir para partidos que são controlados pelas mesmas famílias há 20 ou 30 anos”. Ontem, ele também confirmou que vai estrear como apresentador em uma estação radiofônica da capital em um prazo de 30 dias. (Bocão News)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo