Cidades

Filhos de casal gay são batizados em igreja católica de Curitiba

Os três adolescentes adotados pelo casal gay Toni Reis e David Harrad foram batizados em uma igreja católica neste domingo (23). A cerimônia aconteceu na Catedral Basílica de Nossa Senhora da Luz dos Pinhais, no centro de Curitiba.

Juntos há 27 anos, o casal procurou o arcebispo da capital paranaense, Dom José Antônio Peruzzo, para tratar do batizado de Alyson, de 16 anos, Jéssica, de 14 e Filipe, de 12.

“Eu sou católico, e o meu esposo, anglicano. Depois de conversarmos, resolvemos batizá-los na Igreja Católica. Fui em várias igrejas, mas todas tinham uma burocracia enorme. Então, marquei uma audiência com o arcebispo de Curitiba. Ele topou. Disse que ia batizar as crianças e, não, o casal. Ele só exigiu que elas fizessem um curso de pré-batismo; e os pais, as madrinhas e o padrinho, um de preparação”, explicou.

Para a família, o batismo foi mais do que um reconhecimento espiritual, representa também um reconhecimento social.

“Com certeza, é uma conquista. Para quem acredita, é importante ser aceito na religião. Você quer ser aceito. Eu me sinto muito feliz, valorizado, tranquilo. Para as crianças, foi um gesto muito bacana. A religião, queira ou não, tem poder, especialmente para quem acredita. Para mim, tem”, disse Reis ao G1.

O padre Luciano Tokarski, coordenador da Comissão de Animação Bíblico-Catequética da Arquidiocese de Curitiba, conta que a Igreja aprovou o batismo. “Vimos o batismo com bons olhos. A Igreja tem uma atitude de acolhida, de misercórdia, de compaixão, de proximidade. Nunca as portas estiverem fechadas para ninguém. Não existe nenhum documento oficial da Igreja que proíba isso”, explicou.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo