Cidades

Filho de Cerveró que gravou Delcídio está ‘calado e sumido’

BERNARDO CEVEROO ator Bernardo Cerveró informou, por meio de sua advogada Alessi Brandão, que não dará entrevistas. Além disso, não se sabe onde ele está ou o que tem feito. Segundo a Folha de S. Paulo, Bernardo avisou a amigos que precisava sumir e pediu que falassem o mínimo possível sobre ele.

O ator foi o responsável pela gravação que levou à prisão do senador Delcídio do Amaral (PT) e do banqueiro André Esteves, acusados de planejar a fuga do ex-diretor da Petrobras e pai de Bernardo, Nestor Cerveró.

A intenção seria evitar a delação premiada de Nestor, preso pela Polícia Federal acusado de participar dos esquemas investigados na Operação Lava Jato. Pessoas próximas a Bernardo teriam dito que a atitude de gravar a conversa foi uma tentativa de salvar o pai da ruína. Ele teria assumido a frente da defesa do pai, que de acordo com a Folha estaria “enlouquecendo” na prisão.

Pessoas que viram o ex-diretor preso afirmam que ele, por vezes, diz frases desconexas e passa dias sem tomar banho. Ele teria até defecado na pia da cela em que estava no Complexo Medico Penal, em Pinhais, Grande Curitiba. Ele foi condenado a 12 anos de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. Porém, caso faça a delação premiada, pode deixar a cadeia no ano que vem e utilizar apenas uma tornozeleira eletrônica.

BN

Leia mais

Dunga diz ter sido ameaçado por não ter convocado jogadores para a Seleção

Após abrir processo de impeachment, Cunha fez festa em casa para deputados

Assaltante morre de infarto após tentar roubar agência dos Correios de Guanambi

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo