GeralNotícias

Felipão peita COL e libera torcedores no treino

TORCIDA FORTALEZA - SELEÇÃOA liberação da entrada dos torcedores no final do treino, na tarde desta segunda-feira (17), no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, foi uma decisão da comissão técnica da seleção brasileira, que resolveu ignorar determinação contrária do Comitê Organizador Local (COL), responsável pela organização da Copa das Confederações. Assim, funcionários da CBF chegaram a arrebentar os cadeados dos portões para que o público tivesse acesso ao trabalho do time do Brasil.

Cerca de cinco mil pessoas foram ao Presidente Vargas na expectativa de ver o treino da seleção nesta segunda-feira, motivados por um boato que circulou nos últimos dias em Fortaleza indicando que a entrada estaria liberada. Frustrados, elas ficaram do fora, mas foram recompensadas já no final da atividade, quando puderam entrar no estádio e fizeram uma grande festa para os jogadores – a polícia deu o aval para o acesso do público, garantindo a segurança do local.

Representantes do COL chegaram a ligar para funcionários da CBF para dizer que a entrada de torcedores no treino era proibida. A comissão técnica, então, resolveu peitar a organização da competição e permitiu o acesso do público. “Quem manda no treino da seleção sou eu. Podem arrombar os cadeados e liberar o torcedor para entrar”, teria dito o técnico Luiz Felipe Scolari. “Nós mandamos estourar os cadeados dos portões”, confirmou o coordenador Carlos Alberto Parreira.

Segundo Parreira, os jogadores ficaram “arrepiados” com a manifestação do torcedor no Estádio Presidente Vargas. E, diante da grande festa que foi feita nas arquibancadas, eles trataram de retribuir o carinho, lançando bolas e aplaudindo a torcida presente. Com esse apoio do povo cearense, a seleção brasileira se prepara para enfrentar o México na tarde de quarta-feira (19), na Arena Castelão, em Fortaleza, pela segunda rodada do Grupo A da Copa das Confederações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar