GeralNotícias

Feliciano: Grupo faz beijaço e jovens são detidos após invasão à Câmara

BEIJAÇO - CONGRESSO NACIONALManifestantes promoveram um beijaço gay, nesta quarta-feira (24), e simularam dois casamentos homoafetivos em frente ao Congresso Nacional, em Brasília. O protesto foi mais um contra a permanência do deputado Marco Feliciano (PSC-SP) no comando da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara. Quatro manifestantes foram detidos pela Polícia Legislativa após fixarem na janela do 15º andar do prédio da Câmara uma bandeira com o símbolo do arco-íris. Eles foram conduzidos para prestar esclarecimentos, mas utilizaram o direito constitucional de ficar calado e não chegaram a depor. Feliciano também se deparou com manifestações pelos corredores da Casa. O deputado deixou ativistas contrários a ele do lado de fora do colegiado, mas um grupo de 60 pessoas foi autorizado a permanecer com cartazes em sua defesa. O deputado foi bastante aplaudido ao entrar na sala da Comissão. Alguns aliados fizeram discurso de desagravo com ataques aos ativistas. Feliciano chegou a dizer que recomendou aos seguranças que analisassem o perfil das pessoas que queriam assistir aos trabalhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo