Entretenimento

Faustão diz ter sido responsável por retorno de Agnaldo Timóteo à TV

O apresentador Fausto Silva aproveitou o espaço do Domingão do Faustão no último domingo (11) para homenagear o cantor Agnaldo Timóteo, falecido na última semana em decorrência do coronavírus.

Discreto quanto as suas ações fora da televisão, Fausto revelou que foi o responsável por interceder junto a Roberto Marinho para o retorno do artista à televisão.

“Para quem se acostumou a ver o Agnaldo às vezes rude, às vezes até violento, polêmico… Eu convivi com o Agnaldo por mais de 40 anos. Fui responsável até pela volta dele a cantar aqui na TV Globo. Consegui o perdão diretamente com o doutor Roberto Marinho. E superando divergências políticas, e outras coisas”, disse Faustão.

A situação relatada por Fausto diz respeito a uma divergência entre as partes na década de 80, quando Timóteo foi eleito como deputado federal pelo PDT. As informações são do colunista Maurício Stycer, do UOL.

Dois anos depois, o artista votou a favor da emenda Dante de Oliveira, que previa eleições diretas para presidente da República e apoiou Paulo Maluf, candidato do PDS, indo contra a orientação do seu partido, que votou em Tancredo Neves.

Expulso do PDT, Timóteo se filiou o PDS e chegou a acusar Roberto Marinho de contrabando durante uma reunião do diretório do partido. “Mais da metade do equipamento dele foi contrabandeado, segundo as más línguas, o que uma CPI poderia comprovar em cinco minutos”, disse.

Em 2011, Timóteo falou sobre a situação em uma entrevista ao iG e afirmou que pediu perdão ao chefão da Globo, mas não mencionou a ajuda de Fausto.

“Fui Maluf quando houve a eleição indireta para presidente, briguei pelo Maluf. Hoje eu não faria mais isso, porque outro dia ele provou que não merecia que eu houvesse brigado por ele. Briguei muito, quase arruinei a minha vida, não só a minha carreira. Agredi o doutor Roberto Marinho, e quando vi que estava errado tive que pedir perdão a ele.”.

Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo