BrasilGeral

Farmacêutica brasileira inicia produção da vacina Sputnik V, mas doses serão exportadas

A farmacêutica União Química em Brasília vai iniciar na próxima sexta-feira (15) a produzir a vacina Sputnik V, desenvolvida por um grupo russo. No entanto, apesar de ser produzida no Brasil, as doses do imunizante serão exportadas para países da América Latina que já possuem o registro para uso emergencial, como Argentina e Bolívia. A informação foi divulgada pela CNN Brasil.

Uma equipe da farmacêutica embarca nesta segunda-feira (11) para a Rússia para tratar do assunto. “Os insumos, células e meios de cultura já estão na fábrica, e a previsão é realmente iniciar a produção na próxima sexta-feira”, afirmou Rosso, diretor de negócios internacionais da empresa.

Ainda segundo a publicação, a União Química tem a expectativa de que a produção chegue a 8 milhões de doses por mês ainda no primeiro semestre deste ano. A União Química é uma das parceiras do Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF) para produção da vacina Sputnik V no Brasil.

Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo