BrasilGeral

Fã de Anitta processa cantora e Netflix por exposição em documentário

O próximo encontro de Dona Maria Ilza de Azevedo e a cantora Anitta será completamente diferente do que foi mostrado no documentário ‘Anitta – Made in Honorio’, na Netflix.

A fã da Poderosa entrou na Justiça contra a artista pela exposição na segunda temporada do documentário da artista, lançado em dezembro de 2020.

Em entrevista à colunista Fábia Oliveira, do jornal ‘O Dia’, os advogados da idosa afirmam que o serviço de streaming e a cantora tratam o episódio envolvendo ela de forma jocosa e de certa forma tentam ridicularizar a imagem da fã.

Dona Ilza está internada em um hospital no Rio de Janeiro por conta da Covid-19, e alega ter recebido ligações de parentes e vizinhos zombando de sua aparição no documentário, e questionando a sanidade mental da idosa pela forma como ela foi mostrada.

No filme, Anitta dá a entender que a fã entrou na mansão dela sem a autorização. Os advogados afirmam que ela virou “atração” no hospital onde faz o tratamento do coronavírus, e isso a abalou psicologicamente.

Os representantes de Maria Ilza chegaram a pediram para que o documentário fosse tirado do ar, mas tiveram o pedido negado pelo magistrado.

Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar