Geral

Ex-técnico da Nasa toma vacina contra tétano e desenvolve doença do 'Homem Elefante'

MICHAEL CULLO americano Michael Cull, de 66 anos, viu sua vida mudar completamente após um acidente de carro que sofreu há dez anos. Após tomar vacina contra o tétano, o ex-técnico da NASA desenvolveu um efeito colateral que o transformou seu corpo. Cinco semanas após receber a vacina antitetânica do hospital, a perna esquerda de Cull começou a inchar e, os médicos suspeitaram de elefantíase. Atualmente, o ex-técnico tenta arrecadar cerca de R$40 mil reais para poder realizar uma cirurgia na Índia, já que o procedimento que estava agendado, foi desmarcado. Apesar de tentar lidar com o inchaço usando meias de compressão, o problema continuou. Contrariado após ter o resultado dos exames dados como “inconclusivos”, para identificar o parasita que provoca a doença, Cull disse que se sente violado. “Eu acho que os meus direitos foram violados. Eu acho que vai privado poderia ser a única maneira, porque eles podem fazer isso na Índia”, disse após esperar pela chance de fazer a cirurgia na Índia. (Correio)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo