Sem categoria

Ex-presidente mantém silêncio sobre condenação de petistas pelo mensalão

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não quis comentar, nesta quinta-feira (30), os reveses sofridos por petistas integrantes do seu governo no julgamento do mensalão. A assessoria de Lula informou que ele manterá a mesma postura adotada desde o início do julgamento que é não emitir opinião sobre o caso, enquanto estiver ocorrendo o julgamento. Interlocutores confirmaram que o ex-presidente ficou contrariado com a condenação do deputado João Paulo Cunha (PT-SP) e apreensivo com os rumos do julgamento. Além disso, Lula tem insistido em explicar que , quando diz que o mensalão  não existiu, está se referindo ao pagamento mensal sistemático para a compra de apoio parlamentar, na forma denunciada pelo presidente do PTB, Roberto Jefferson, pivô do escândalo. De acordo com ele, o termo passou a ser usado de forma ampla, abrangendo a captação indevida de verbas para campanhas eleitorais. Informações Estadão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo