Cidades

Ex-ministro Paulo Bernardo é preso na Operação Lava Jato

PAULO BERNARDO 2O ex-ministro Paulo Bernardo foi preso nesta quinta-feira (23). Um mandado de busca e apreensão também está sendo cumprido na casa da senadora Gleisi Hoffmann, em Curitiba. A prisão é resultado do desmembramento da 18ª fase da Operação Lava Jato.
Policiais federais também estão na sede do PT no Centro de São Paulo.
As informações foram avançadas pelo G1. A reportagem destaca que a Polícia Federal indiciou Gleisi Hoffmann (PT-PR) e o marido dela, o ex-ministro Paulo Bernardo, ao concluir o inquérito sobre as suspeitas de que dinheiro desviado da Petrobras abasteceu em 2010 a campanha ao Senado da parlamentar.
Serão cumpridos 11 mandados de prisão preventiva, 40 de busca e apreensão e 14  de condução coercitiva, quando a pessoa é levada a prestar depoimento
No entanto, a defesa do ex-ministro alega que desconhece as razões da prisão e que Paulo Bernardo sempre se colocou à disposição das autoridades.
De acordo com a PF, existem indícios suficientes contra Gleisi e o marido por suposto envolvimento em crime de corrupção.
As conclusões da Polícia Federal foram anexadas ao inquérito 3979, que tramita no Supremo Tribunal Federal , na Operação Lava Jato.
Segundo a Globo News, essa fase da Lava Jato está concentrada na cidade de São Paulo, onde correm novas investigações sobre os crimes de corrupção envolvendo políticos e empresários.
Leia mais
Com baixa procura por ingressos, show de Pablo é cancelado em Ipiaú
Mutuípe ganha unidade descentralizada do Detran
Genésio sequestra Tancinha no resumo semanal de ‘Haja Coração’
Chega ao fim relacionamento de 3 anos de Camila Queiroz
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo