Cotidiano

Ex-empregador do homem que soltou ratos na Câmara, Paulinho diz que ato foi por conta própria

PAULINHO DA FORCAO deputado federal Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força (SDD-SP), empregava até o começo deste ano o servidor Marcio Martins de Oliveira, que soltou ratos durante a sessão da CPI da Petrobras, nesta quinta-feira (9). A comissão ouvia o depoimento do tesoureiro do PT, João Vaccari Neto. De acordo com o deputado, Oliveira foi demitido na virada do ano, por não atender aos requisitos técnicos para a vaga que preenchia. Paulinho garante que não teve nada a ver com a ação que provocou confusão na sessão, mas aproveitou a oportunidade para dizer que “chamar o Vaccari de rato é ofender o rato”. Marcio Martins Oliveira ocupa um cargo na segunda vice-presidência e deve ser exonerado, segundo informações da Agência Câmara. Logo após ter soltado os animais, Oliveira foi detido pela Polícia Legislativa e, quando no Depol (Departamento de Polícia Legislativa Federal), se mostrou confuso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo