Geral

Estudo diz que uso de suplementos é fator de risco para câncer de testículo

163465O consumo de suplementos para ganho de massa muscular a base de creatinaou androstenediona está relacionado ao maior risco de câncer de testículo, de acordo com uma pesquisa publicada no British Journal of Cancer. Os pesquisadores analisaram os hábitos de 900 homens de Massachussets e Connectitcut, Estados Unidos. Eles descobriram que aqueles que usavam suplementos para ganho de massa muscular a base de creatina ou androstenediona tem 65% mais chances de desenvolver o câncer de testículo. Os estudiosos definiram como uso o consumo de um ou mais suplementos em questão uma vez na semana por quatro semanas consecutivas ou mais. Ainda de acordo com os estudiosos, o risco é maior entre homens que usam mais de um tipo de suplemento, subindo para 177%. Homens que passaram a usar os suplementos aos 25 anos ou menos correm um risco 121% maior de desenvolver a doença. Já aqueles que consumiram os suplementos por 3 anos ou mais tem 156% mais chances de ter um câncer de testículo. De acordo com os pesquisadores, trata-se do primeiro estudo epidemiológico analítico da possível ligação entre suplementos e câncer testicular. O trabalho foi inspirado por provas de que pelo menos alguns componentes dos suplementos em questão poderiam danificar os testículos. Contudo, ainda são necessárias mais pesquisas para comprovar esses malefícios dos suplementos a base de creatina ou androstenediona.

Veja também
Gafes na academia: veja os 10 erros mais cometidos
Bio Fitness Academia informa: Cresce número de brasileiros que se exercitam e mantêm alimentação adequada
Jovem que morreu após uso de anabolizantes teria ido à academia três vezes num mesmo dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo