Saúde

Estudo aponta que medicamento usado para tratar câncer pode “expulsar” o vírus HIV

Amostras de sangue dos pacientes foram avaliadas antes e depois do experimento.

Um estudo conduzido pelo Fred Hutchinson Câncer Research Center, em Seattle, Estados Unidos, com 32 pessoas, concluiu que o medicamento Keytruda, conhecido como pembrolizumab, pode ajudar a expulsar das células imunes humanas, o vírus do HIV.

A conclusão veio após o uso da substância, em pacientes que realizam tratamento contra e câncer e HIV, e ao final perceu-se a capacidade do pembrolizumab de impedir que o vírus se escondesse nas células.

Segundo a professora Sharon Lewin, diretora do Instituto Peter Doherty para Infecção e Imunidade em Melbourne, na Austrália, pembrolizumab “foi capaz de perturbar o reservatório de HIV”.

Segundo o Estadão, o imunoterápico Keytruda, é um anticorpo monoclonal projetado para ajudar o próprio sistema imunológico do corpo a combater o câncer.

Os resultados foram publicados revista na Science Translational Medicine. Mas é preciso novas pesquisas para entender os efeitos do produto no combate ao vírus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo