Cotidiano

Estudantes de direito vão a Brasília protestar contra indicação de André Mendonça no STF

As manifestações contrárias a indicação do nome de André Mendonça para ocupar cadeira de ministro no Supremo Tribunal Federal (STF) continuam. Nesta quarta-feira (1º), um grupo de estudantes de Direito chega a Brasília para demonstrar a desaprovação da indicação do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Segundo a coluna Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo, alunos  que representam o Centro Acadêmico XI de Agosto, da Faculdade de Direito da USP, o Centro Acadêmico 22 de Agosto, da PUC, e o Esperança Garcia, da Unifesp desembarcam na capital do Brasil nesta quarta-feira (1º).

Eles pretendem entregar ao senador Davi Alcolumbre (DEM-AP) o manifesto contra a aprovação de Mendonça. No grupo há também integrantes da UNE e da UEE. Eles elencam, entre as razões para a reprovação da indicação, o fato do indicado ter como principal característica a lealdade “irrestrita” a Bolsonaro, e não notório saber jurídico, como requer a Constituição.

Na análise dos estudantes de Direito, “não se pode correr o risco de conceder o cargo de ministro da corte suprema pelos próximos 27 anos” para quem se destaca apenas pela lealdade ao atual presidente.

Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo