Cotidiano

Estudantes da UFBA são acusados de racismo após trote com calouros

UFBA - TROTE - RACISMOUma ação organizada por estudantes veteranos do curso de arquitetura da Universidade Federal da Bahia (UFBA), como forma de recepção aos calouros, causou polêmica nas redes sociais, nesta terça-feira (3). Um boneco preto enforcado, posto pelos estudantes no pátio da instituição com os nomes dos novos colegas, foi apontado como uma manifestação racista e violenta. No facebook, a comunidade acadêmica da própria UFBA questionou a recepção aos calouros. “Na minha opinião, trata-se de uma violência simbólica que, posteriormente, pode evoluir para um caso de violência física”, diz uma das mensagens postadas em reprovação ao ato. Segundo o jornal A Tarde, um aluno de arquitetura, que não quis ser identificado, negou o cunho racista da “brincadeira”, realizada também em anos anteriores. Em nota, o Diretório Dos Estudantes de Arquitetura (DEA) esclareceu que não apoia “nenhum tipo de preconceito racial” e que a organização do trote foi feita de forma independente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo