BrasilCidadesGeral

Estudante picado por naja é multado em R$ 61 mil pelo Ibama

O estudante de medicina veterinária Pedro Henrique Krambeck, 22, que foi picado por uma cobra naja que criava no Distrito Federal, será multado em R$ 61 mil pelo Instituto Nacional do Meio Ambiente (Ibama).

De acordo com o instituto, Pedro foi multado por maus-tratos e por criar serpentes nativas e exóticas em cativeiro sem autorização.

O amigo do estudante também foi multado em R$ 81,3 mil por manter animais nativos e exóticos em locais inapropriados e sem autorização, maus tratos e dificultar a ação do Ibama. 

A mãe e o padrasto de Pedro também foram multados em R$ 8,5 mil cada por dificultar o resgate dos bichos.

De acordo com a Polícia do DF, agentes suspeitam que Pedro faça parte de um esquema de tráfico internacional de animais.

Após o caso da naja, o Ibama montou uma operação em busca de animais exóticos criados ilegalmente no Distrito Federal. Em dez dias, cerca de 32 serpentes foram resgatadas.

Varelanoticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar