Cotidiano

Cachoeira/Ba: Estudante defenderá Mestrado em prostíbulo

Defesa acontecerá na tarde desta quarta-feira (05).

A sociedade brasileira ainda tem pouco conhecimento sobre a população de um prostíbulo. Esse desconhecimento e o preconceito que vem com ele, historicamente, excluem essa comunidade da sociedade, consequentemente, de toda vida social de um determinado município.   No entanto, essa realidade será apresentada numa tese de mestrado a ser defendida por uma estudante da Universidade Federal do Recôncavo – UFRB–  2017, que vive um ano histórico no combate ao preconceito que envolve a minoria principalmente das questões de gênero e raça.

Gleysa Teixeira Siqueira, historiadora e pesquisadora, terá a oportunidade de entrar para história acadêmica como a primeira aluna a abordar uma temática desta magnitude.  Gleysa abordará o contexto histórico de -Cabeluda- proprietária do prostíbulo mais tradicional do Recôncavo baiano, com sede em Cachoeira, na rua 7 de Setembro, centro, que foi batizada popularmente como Rua do Brega.

Com o tema voltado para Rede de prostituição perpassando pela história da cidade a época da ascensão do bordel ela finalizará seu projeto de mestrado. A defesa do curso da estudante será in loco, fato inédito no campo da pesquisa e será defendida na quarta-feira (05) as 14 horas. O ‘evento’ será aberto ao público que nas Redes Sociais mostram euforia e curiosidade pelo tema abordado e como será o desdobramento. Na sua página a universitária agradece aos inúmeros elogios que recebeu após formalizar a proposta da graduação.

A Banca Examinadora será composta por professores/ doutores da UFRB e também da Federal da Bahia (UFBA), sendo professor Dr. Osmundo Santos de Araújo Pinho (UFRB) – como Orientador. Mas a análise do conteúdo pelos professores, Dr. Wilson Rogério Penteado Júnior (UFRB) e Professora Dra. Lina Maria Brandão de Aras (UFBA). Reportagem:  Voz da Bahia – Fábio Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo