Política

‘Estimulado’ por correligionários, Geddel avalia disputar presidência do PMDB

O vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa, Geddel Vieira Lima, classificou nesta quarta-feira (26) como uma “coisa embrionária” a possibilidade de disputar a presidência nacional do PMDB. Geddel confirmou que tem sido procurado por correligionários que desejam vê-lo no comando do partido. “Isso surgiu de uma série de estímulos que tenho recebido de lideranças peemedebistas”.

Os colegas de legenda argumentam que o vice-presidente da República, Michel Temer, deverá concorrer novamente e se licenciar. Assim, o cargo seria ocupado pelo vice da sigla, Valdir Raupp. Sobre a chance de concorrer novamente ao governado do Estado, o ex-ministro reiterou sua vontade de ser o chefe do Executivo baiano. “Tenho que avaliar o quadro em 2014.

Meu desejo é que o PMDB tenha candidato próprio e eu quero disputar mais ma vez. Agora, entre desejar e ser candidato, há uma grande diferença. Tenho que aguardar as circunstâncias”, avaliou.

BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo