Cotidiano

Esquerda apoiaria Bolsonaro em eventual 2º turno com Moro, diz Carla Zambelli

A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) avalia que a esquerda votaria em Jair Bolsonaro, numa eventual disputa presidencial com o ex-juiz federal Sergio Moro, em 2022. A avaliação foi feita em entrevista à Rádio Jovem Pan, nesta terça-feira (23).

A parlamentar comentou que esperava ver Moro ministro do Supremo Tribunal Federal. No entanto, perceber que ele ainda não saiu da esfera pública – já que aceitou ser colunista e dar entrevistas – a faz pensar que ele vai concorrer a algum cargo na próxima eleição.

Se a opção for pela Presidência, Zambelli acredita que Moro não teria mesmo apoio da esquerda.

“Vejo, sim, uma possibilidade da parcela da população das pessoas que pensam que são de esquerda virem para o Bolsonaro, porque perceberam no presidente uma pessoa preocupada com os mais pobres. As pessoas vão perceber que o Moro é uma figura difícil de ler. Você não sabe quando está feliz, triste, chateado. A população quer ver uma pessoa que você possa sentir, e acho que o Moro é uma pessoa inexpressiva nesse sentido”, explicou, de acordo com informações do UOL.

Entre essas justificativas para a esquerda apoiar Bolsonaro estão o auxílio emergencial no período de pandemia do novo coronavírus e o projeto de lei do saneamento básico. Seria o equivalente à relação do PT e do MST, partido que, segundo Zambelli, chantageava o movimento com terras em troca de votos.

“O Lula conseguia o voto dessas pessoas porque 9 milhões de famílias eram praticamente chantageadas com terras, assentamentos… Mas sem escritura. Essas famílias agora estão sendo atendidas pelo Bolsonaro”, acrescentou.

Bahia.ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo