Sem categoria

Escritório do Sindicato da Construção Civil em SAJ fecha as portas e trabalhadores sofrem por falta de pagamento

A sede do Sindicato da Construção Civil em Santo Antonio de Jesus está de portas fechadas. A notícia foi dada pelo senhor Álvaro Melo, secretário do Sindicato da Construção Civil, na manhã desta quinta-feira (30), em entrevista ao repórter Tino Alves, Rádio Andaiá FM.
Um dos maiores motivos que levou o sindicato a essa situação foi a falta de pagamento dos funcionários terceirizados da empresa ASTEC, que também atendia a Embasa na cidade cujos funcionários estão passando pela mesma situação. “É a terceira ou quarta vez que isso acontece. Agora quem irá assumir é a Porto Fino, outra empresa terceirizada e que não é de confiança, pois já trouxe problemas para o sindicato, principalmente na contribuição sindical e com os próprios trabalhadores” relatou o senhor Álvaro. Ele mencionou também que não garante um ano da atuação da empresa em Santo Antonio de Jesus para começar a dar problema.
Segundo o senhor Álvaro, em uma audiência com a Justiça do Trabalho e o sindicato, a empresa Porto Fino declarou que não era uma empresa de Construção Civil. “Desde quando uma empresa que usa utensílios de construção não é Construção Civil?”, expôs o secretário. Ele acrescentou que até o momento não se tem informação do que ficou acordado na audiência, pois este impasse da empresa não foi resolvido.

Blog do valente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo