Cidades

‘Erro grave’: Rui diz que PT copiou modelo de mensalão tucano e ‘se deu mal’

RUI COSTA - FORMALO governador Rui Costa (PT) assumiu, nesta terça-feira (16), que o PT cometeu um “erro grave” quanto à condução do mensalão, mas questionou a forma com que o caso foi tratado em comparação com o chamado mensalão mineiro. “O PT transformou positivamente o país, mas terminou copiando o modelo do PSDB em Minas para financiar a campanha e se deu mal.

O mensalão do PT teve o julgamento e o do PSDB se encontra em gavetas e nunca será julgado. São dois pesos e duas medidas para o mesmo crime”, reclamou. Durante entrevista ao radialista Mario Kertész, da Metrópole, o governador chamou a reforma política feita pela Câmara de “arremedo” que vai piorar a eleição no Brasil e que a constitucionalização do financiamento privado de campanhas não fará bem ao país. Sobre sua relação com os deputados estaduais, que estariam incomodados por não terem suas indicações atendidas,

Rui afirmou que quer “atender os pleitos, mas todas as indicações tem que responder na eficiência do serviço, tem que ter um currículo que corresponda”. Ele disse ainda que demitiria “sem problemas” quem não mostrasse um bom trabalho e que tenta fazer o melhor em seu cargo, que seria uma “missão quase divina”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo