Geral

Enem: Justiça determina acesso a redações e justificativas

A Justiça Federal no Ceará determinou, nesta quinta-feira (3), que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) coloque à disposição as provas de redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2012 corrigidas e acompanhadas das justificativas da pontuação. Os Ministérios Públicos Federais no Ceará e em Alagoas entraram com ação em caráter de urgência para garantir que os textos e os espelhos da correção pudessem ser acessados pelos estudantes. A previsão do Inep era ofertar a prova a partir do dia 6 de fevereiro pelo Sistema de Seleção Unificado (Sisu), o que, para o procurador da República Marcial Coêlho, traria prejuízo aos estudantes, já que o período de inscrição vai de 7 a 11 de janeiro. A intenção é que os alunos possam ter acesso às redações e aos critérios que determinaram as notas antes do início das inscrições. As ações na Justiça foram provocadas por um documento assinado por oito mil alunos de todo Brasil, com a queixa de que as notas atribuídas não obedeceram aos critérios de correção expostos no edital. Com informações da Agência Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo