Cotidiano

Embaixador deveria ter acompanhado comitiva na Venezuela, diz senador

ALOISIO NUNESO senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) reiterou que o embaixador do Brasil em Caracas, Ruy Pereira, teve parte da responsabilidade pelo episódio em que a comitiva de senadores brasileiros foi cercada na Venezuela.

Para o senador, o embaixador deveria ter assumido pessoalmente a decisão de acompanhar a comitiva, pois sabia das movimentações para evitar o encontro dos senadores com opositores do governo venezuelano. “O embaixador tem, sim, parte de responsabilidade no episódio, embora o principal responsável pelo fato da comitiva não ter sido acompanhada por nenhum diplomata brasileiro seja o seu superior hierárquico, o ministro de Relações Exteriores,

Mauro Vieira”, afirmou o senador, em nota divulgada neste domingo (21). O senador afirmou que o governo entrou em uma “incômoda contradição”, pois enquanto o ministro da Defesa, Jaques Wagner, cedeu um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) para levar a comitiva a Caracas, o ministro de Relações Exteriores, Mauro Vieira, não autorizou o embaixador Ruy Pereira a acompanhar o grupo. “O governo do Brasil precisa ‘sair do armário’ e assumir sem ambiguidade a condenação à repressão política e valer-se do seu peso diplomático para induzir o governo Nicolás Maduro a uma negociação séria com a oposição com o objetivo da realização de eleições livres e limpas. Se fizesse isso, a presidente Dilma se engrandeceria”, afirmou o senador, por meio de nota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo