Sem categoria

Em reunião na AL-BA, cúpula da APLB decide rumos do movimento

Após o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) conceder a liminar de reintegração de posse da Assembleia Legislativa (AL-BA), o comando de greve da APLB foi convocado para decidir o futuro do movimento. A reunião começou aproximadamente 40 minutos após a deliberação feita pelo juiz Ruy Eduardo Almeida Britto, da 6ª Vara da Fazenda Pública, que determina a saída dos professores do prédio da AL-BA até ás 14h da sexta (20). O encontro ocorre em uma das salas da Casa e não tem hora para acabar. Estão presentes os diretores do sindicato e diversos dirigentes das zonais. Enquanto isso, no saguão Deputado Nestor Duarte, o restante dos manifestantes canta que “a greve não acabou”. A APLB realizará uma assembleia na manhã desta sexta, às 10h, quando os grevistas devem expor se atenderão ou não a determinação judicial. Caso os professores não deixem a AL-BA até o horário apontado pelo magistrado, a força policial será convocada. 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo