Cotidiano

Em relatório ao TSE, PF aponta irregularidades em pagamentos da chapa Dilma-Temer

A Polícia Federal encaminhou relatório ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que encontrou irregularidades em pagamentos realizados pela chapa Dilma-Temer a três gráficas durante a campanha eleitoral de 2014.

O relatório da PF foi enviado ao tribunal no contexto da ação ajuizada pelo PSDB pedindo a cassação da chapa. Segundo informações do portal G1, a PF afirma que foram encontrados elementos que permitem concluir que parte dos valores declarados oficialmente como pagamentos às gráficas “não foi, de fato, direcionado a essa atividade”.

De acordo com o relatório, parte do dinheiro apresentado como verba de campanha foi desviado para pessoas físicas e jurídicas “em benefício próprio ou de terceiros”.

A PF fez uma operação no final de dezembro para investigar as gráficas VTPB Serviços Gráficos e Mídia Exterior Ltda., Focal Confecção e Comunicação Visual Ltda. e Rede Seg Gráfica Eireli, que foram contratadas pela campanha.

Além de indícios de irregularidades na esfera eleitoral, o relatório também aponta sinais de irregularidades no âmbito criminal, com “interposição de pessoas com a finalidade de ocultar ou dissimular” a origem e a movimentação de valores.

BN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo