Política

Em meio à crise, ACM Neto diz no Rio de Janeiro que Salvador tem R$ 1,5 bilhão em caixa

O prefeito ACM Neto afirmou nesta quinta-feira (21) que Salvador possui atualmente R$ 1,5 bilhão em caixa, apesar do enfrentamento à crise financeira. Durante sessão especial do Fórum Nacional, no Rio de Janeirol, ele disse que precisou organizar as finanças e combater desperdícios para alcançar o resultado.

ACM Neto realizou uma palestra e criticou a forma como os municípios são contemplados na divisão do bolo tributário nacional. “De todos os entes da Federação, o município é aquele que está mais próximo do cidadão e que recebe a cobrança mais intensa.

Ao longo dos anos, as demandas só fizeram aumentar. E a repartição do bolo tributário não acompanhou esse crescimento”, explicou. Segundo o prefeito, ao assumir a prefeitura em 2013, ele precisou eliminar desperdícios, gastar mais com o cidadão e menos com a máquina administrativa. “Conseguimos uma queda de 2,4% das despesas em pleno ano eleitoral, como aconteceu em 2016. Montamos uma poupança no caixa da Prefeitura logo no primeiro ano de governo, e hoje temos R$ 1,5 bilhão à disposição.

Fizemos poupança em todos os quatro anos da primeira gestão”, detalhou. ACM Neto comentou ainda que os recursos para áreas como saúde e educação ultrapassaram os limites exigidos constitucionalmente (de 15% para 20%  e de 22% para 27%, respectivamente). Dessa forma, a gestão municipal conseguiu deixar a lista de cidades devedoras junto à União e se credenciar para obter empréstimos junto a organismos nacionais e internacionais de crédito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo