Política

Em depoimento à PF, Bumlai blinda Lula

BUMLAI E LULAO empresário e pecuarista José Carlos Bumlai blindou o amigo e ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em seu depoimento à Polícia Federal na segunda-feira, 14. Bumlai disse que Lula “é sim seu amigo, que mantinham encontros em finais de semana e que possuíam uma regra de que não se permitiam discutir assuntos econômicos ou políticos em tais ocasiões”.

Bumlai está preso desde o dia 24 de novembro, quando foi alvo da Operação Passe Livre, desdobramento da Lava Jato. A Passe Livre é uma referência ao trânsito aberto que Bumlai desfrutava no Palácio do Planalto durante o governo do petista.

Lula e Bumlai são amigos desde 2002. Na época, Lula o visitou em uma de suas fazendas em Mato Grosso. Por indicação do petista, Bumlai ganhou um assento no Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, “pois sabia de seus projetos e conhecimentos atinentes a questão agrícolas e de reforma agrária”. O pecuarista tinha até um crachá com o qual acessava livremente as dependências do Planalto.

A prisão de Bumlai provocou uma onda de especulações sobre o que ele poderia revelar acerca de sua relações com o ex-presidente. Interrogado ontem, o pecuarista foi questionado pela Polícia Federal sobre sua proximidade com Lula.

O pecuarista, no entanto, blindou o ex-presidente. “Recebia diversas propostas, cartas, mensagens, das mais diversas pessoas que, por saberem da relação de amizade de ambos, pediam-lhe que fossem encaminhados ao presidente. O interrogando nunca atendeu a qualquer um destes pedidos”, diz o texto da depoimento de Bumlai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo