Cotidiano

Em depoimento à CPI, ex-diretor da Petrobras culpa 'maus políticas' por esquema

PAULO ROBERTO COSTAPaulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, se disse arrependido pelos atos ilícitos que cometeu na estatal. A declaração foi feita no início do seu depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, na Câmara dos Deputados, na tarde desta terça-feira (5). Costa isentou a empresa de responsabilidade pelo esquema de desvio de dinheiro e pagamento de propina. “Nada disso teria acontecido se não fossem alguns maus políticos. A origem do que aconteceu na Petrobras foi maus políticos, que fizeram tudo isso acontecer”, disse. De acordo com a Agência Câmara, Costa acrscentou que os deputados têm agora a oportunidade de romper com o que chamou de “sistema podre”. O ex-diretor da Petrobras disse ainda que dos 35 anos em que trabalhou na estatal, apenas nos últimos sete teve contatos e envolvimento com políticos, o que fez com que ele fosse nomeado diretor. “Não se chega à diretoria da Petrobras sem apoio político. Tive a infelicidade de aceitar apoio político para chegar lá e me arrependo”, disse. O depoimento continua ao longo da tarde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo