Geral

Elefante mata caçador clandestino na África do Sul

Um caçador clandestino foi morto por uma de suas caças no Parque Nacional Kruger, na África do Sul. O suspeito aparentemente foi pisado por um dos elefantes protegidos no parque até a morte. Caçadores clandestinos costumam matar elefantes em parques nacionais para traficar o marfim, geralmente para a China.

Segundo o jornal britânico The Times, quase 70% dos rinocerontes do Parque Kruger foram mortos por caçadores clandestinos na última década. Rinocerontes são mortos porque seus chifres são considerados “medicinais” na China e em outros países da Ásia.

Os elefantes estão tendo uma fase mais otimista, com a redução de quase 50% na caça desde 2018. Dois anos atrás, um desses caçadores clandestinos (conhecidos como “poachers”) foi morto por elefantes e comido por leões no Kruger National Park. “Entrar a pé ilegalmente no parque não é muito sábio”, declarou um dos guardas ao Times. “Apresenta muitos perigos e este incidente é evidência disso.”

Revista Oeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo