Slide

Eduardo Suplicy defende inclusão de nome ‘amor’ em bandeira nacional

O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) defendeu a inclusão da palavra “amor” na frase inscrita na bandeira nacional. Na última quarta-feira (19), o senador, em discurso em Plenário, declarou apoio ao Projeto de Lei 2179/2003, do deputado Chico Alencar (Psol-RJ), que substitui a expressão “Ordem e Progresso” da bandeira brasileira pela expressão “Amor, Ordem e Progresso”. O senador afirmou que a expressão “Ordem e Progresso” foi retirada de lema positivista que defende “o amor por princípio, a ordem por base e o progresso por fim”. Suplicy espera receber apoio popular para aprovação do PL através do site incluaamornabandeira.org. O senador Pedro Taques (PDT-MT) sugeriu que fosse colocado na bandeira palavras como “honestidade, decência, trabalho ou organização”. Já o senador Cristovam Buarque (PDT-DF) defende a inscrição “Educação é Progresso”. Para justificar sua posição, Suplicy recitou trecho da música Positivismo, de Noel Rosa e Orestes Barbosa, interpretada por Jards Macalé no álbum Amor, Ordem & Progresso: “O amor vem por princípio, a ordem por base, o progresso é que deve vir por fim, desprezastes esta lei de Augusto Comte, e fostes ser feliz longe de mim”. “Só agora no século 21 é que podemos ter uma ideia melhor da importância dessa palavra como catalisadora de misericórdia, de caridade, de solidariedade entre as pessoas”, disse Suplicy.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo