Política

Eduardo Bolsonaro diz que tem arma: “Se vagabundo tentar roubar, vou meter bala”

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSC-SP), filho do também parlamentar Jair Bolsonaro (PSC-RJ), se irritou durante discussão com Glauber Braga (PSOL-RJ), nesta quarta-feira (16), na Câmara Federal. O deputado do PSOL acusou o parlamentar de comprar arma no exterior.

 

“A minha arma é legal. Se vagabundo vier tentar tomar, eu vou meter bala. Porque minha arma é legal e eu não vou para a cadeia por porte ilegal”, disse.

Braga irritou Bolsonaro ao perguntar se seria crime comprar um fuzil não registrado nos Estados Unidos. Eduardo Bolsonaro afirmou que Braga estaria fazendo ‘suspeições’ e chamou o adversário de “palhaço”. “Eu sou colecionador.

Se eu quisesse comprar, ainda poderia comprar, porque eu sou colecionador e atirador”, respondeu Eduardo Bolsonaro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo