Bahia

Doze candidatos a vereador estão cadastrados como analfabetos

Levantamento feito pelo G1, nesta terça-feira (4), com dados do Sistema de divulgação de candidaturas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o DivulgaCand, aponta 12 candidatos a vereador em diversos municípios da Bahia declararam ser analfabetos. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA), se o candidato não apresentar um comprovante de escolaridade, ele é cadastrado automaticamente no item “grau de instrução” como analfabeto.  Já que um candidato nessa situação é proibido pela legislação eleitoral de disputar o pleito, a Justiça pode requerer uma declaração de próprio punho do postulante para provar que sabe ler e escrever. A reportagem entrou em contato com as nove zonas eleitorais onde estão inscritas os candidatos “analfabetos” para verificar a situação dos processos. As declarações de próprio punho foram feitas, mas os dados que estão divulgados no site não foram atualizados. Dois postulantes tiveram a candidatura indeferida, ou seja, não reuniram as condições necessárias ao registro. Um deles, Edmundo de Jesus (PSC), da cidade Dário Meira, não contestou a impugnação por falta do comprovante de escolaridade. Já as candidaturas de Jivaldo Ramos Freire (PSD), de Anagé, e de Moacir Bezerra de Oliveira (PSDB), de Dias D’ávila, estão indeferidas com recurso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo