Notícias

Dono e ex-presidente da Delta entra com pedido de liminar para não comparecer à CPI do Cachoeira

Sob alegação de que o dono e ex-presidente do Conselho de Administração da Delta Construções, Fernando Cavendish, perdeu a mulher em acidente de helicóptero há cerca de um ano e que, assim, será exposto a situação “desrespeitosa, humilhante e atentatória a sua integridade psicológica, já tão abalada”, os advogados de defesa entraram com um pedido de liminar para que o empresário não compareça à CPI do Cachoeira no dia 29 de agosto. Cavendish foi convocado como testemunha após a aprovação de 11 requerimentos, assinados por 14 parlamentares e aprovados por unanimidade pela comissão, com 28 votos favoráveis, no início de julho. A empresa Delta é suspeita de fazer repasses à organização criminosa de Carlinhos Cachoeira por meio de empresas de fachada para obter benefícios em obras. No habeas corpus, os advogados também citam trechos dos requerimentos de convocação e alegam que, pelo teor das acusações que são feitas por parlamentares, a condição do empresário não é de testemunha, mas sim de investigado e que, por esse motivo, ele não seria obrigado a comparecer à comissão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo